Ezequiel Ferreira garante que seu projeto político é tentar buscar a reeleição

 

O presidente da Assembleia Legislativa e líder estadual do PSDB no RN, Ezequiel Ferreira, refutou especulações dando conta de que estaria pavimentando o caminho para disputar o governo caso haja condições de competitividade ao longo das movimentações da pré-campanha. Ele assegurou que seu projeto político para este ano é o de disputar a reeleição para deputado estadual, mesmo diante do claro fortalecimento do PSDB.

Mesmo assim, ao esclarecer informações sobre o assunto, reforçou que o partido só definirá sua posição em relação a apoiar nome ao governo somente em julho, isso após ouvir a Executiva, diretórios, deputados, vereadores e o povo, mediante uma sondagem popular.

Através de sua assessoria, adiantou ao MOSSORÓ AGORA que o momento é de andanças pelo interior exatamente para realizar consultas e intensificar os contatos.

Adiantou, também, que o que é certo até o momento é que o PSDB terá o ex-governador e ex-senador Geraldo Melo, candidato ao Senado. “Nome que inclusive foi elogiado pelo presidenciável Geraldo Alckmin no recente jantar”, afirmou, lembrando que Geraldo Melo foi senador pelo PSDB e 1º vice-presidente do Congresso Nacional até 2002.

Por outro lado, enfatizou que o único deputado federal do partido, Rogério Marinho é claro na sua preferência: torce pelo apoio à pré-candidatura do vice-governador Fábio Dantas (PSB) ao governo.  Porém, a decisão do PSDB potiguar só será anunciada em julho e a convenção Estadual acontecerá no início de agosto.

A cotação do nome do presidente da Assembleia ao governo ganhou ênfase depois da exaltação de ânimos entre o governador Robinson Faria (PSD) e o vice-governador Fábio Dantas (PSB), no afunilamento da pré-campanha.


Diante da estrutura política formada, Ezequiel passou a ser apontando como uma espécie de tertius na disputa pelo governo, mas em condições absolutamente favoráveis. Seu nome também já chegou a figurar como possível candidato ao Senado, dentro da exigência de o tucano alçar voos mais altos. Mas essa hipótese também foi categoricamente descartada pelo parlamentar.

MOSSORO AGORA

Nenhum comentário: