sexta-feira, 31 de março de 2017

Para Túlio o pau que bate em Zé Antônio não bate em Bosco Afonso

Postado por com 0 comentário


O povo não é bobo e ao perceber o caos que se encontra a saúde pública do município de Macau, principalmente na área de obstetrícia, várias pessoas começaram a pedir ao prefeito Túlio Lemos contratação do médico obstetra Dr. José Antônio de Menezes, para fazer o serviço que sempre fez nesses 36 anos que atua como médico na cidade.

Mesmo o prefeito dizendo insistentemente que a oposição de Macau não desceu ainda do palanque o que o povo enxerga na realidade é justamente o contrário, na verdade é o prefeito e grande parte dos seus assessores que ainda não desceram do palanque. A prova mais forte dessa afirmação está justamente no fato do prefeito preferir que as gestantes de Macau sejam encaminhadas a cidades a mais de 200 km de distância, como Macaíba por exemplo, para ganharem bebês em outras cidades a ver Dr. Zé Antônio dentro de um hospital público em Macau exercendo sua profissão com carisma, carinho e dedicação como sempre fez.

Na tarde de hoje o pai do prefeito alegou em uma rádio local que Túlio não contratava Dr. Zé Antônio por causa que havia uma lei municipal onde o município é proibido de contratar pessoas que sejam envolvidas em processos pelo Ministério Público e Justiça. A lei que o pai do prefeito se refere é a Lei Municipal Nº 1115/2013 datada de 27 de novembro de 2013 de autoria do ex-vereador Dércio Cabral e sancionada pelo ex-prefeito Kerginaldo Pinto.
O que o pai do prefeito não fala em lugar nenhum, assim como o próprio prefeito também não, é que se Túlio quiser realmente cumprir essa lei ele terá que exonerar do cargo de chefe de gabinete o seu tio, João Bosco Afonso, envolvido na operação assepsia no governo da também jornalista Micarla de Sousa em Natal/RN. Na época Bosco Afonso foi flagrado em escutas telefônicas cobrando propina de 3 mil reais a um empresário como o leitor pode conferir clicando AQUI. Mas parece que para Túlio o pau que bate em Chico não bate em Francisco, ou trazendo para a realidade local o Pau que bate em Zé Antônio não bate em Bosco Afonso.

Outra prova cabal de que Túlio não contrata Dr Zé Antônio por questões políticas foi Túlio ter contratado o médico e ex-prefeito da cidade de Jucurutu/RN, Dr. Luciano Araújo Lopes, que possui na justiça nada mais nada menos do que 17 processos por improbidade administrativa, dano ao erário público, contra a lei de licitações dentre outros crimes e o referido médico se tornou réu, requerido, investigado e até um condenado em um dos processos por erro médico como o leitor pode conferir clicando AQUI.

ada contra o médico e ex-prefeito, pois todos nós estamos sujeitos a erros, mas tudo contra essa perseguição política adotada atualmente na gestão municipal. Isso só prova que Túlio não se preocupa com a saúde das grávidas de Macau, pois prefere vê-las sofrerem e parirem bem longe de casa a ter que contratar seu adversário político da última campanha.
Túlio! a campanha já passou, desça do palanque e tire seus assessores de cima do palanque também, seja humano, seja solidário com as mães macauenses seja mais prefeito e menos jornalista.

É isso aí

Por Leandro de Souza 
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário